WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
ilheus brindes
junho 2013
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: 18/jun/2013 . 20:04

JOGO ALTERA HORÁRIO DE SESSÃO NA CÂMARA DE ILHÉUS

A câmara de Ilhéus alterou o horário da sessão de quarta-feira (19) para às 10h. Motivo: o segundo jogo da seleção brasileira na copa das confederações, contra o México, será às 16h.

PROPOSTA SOBRE ‘CURA GAY’ É APROVADA EM COMISSÃO PRESIDIDA POR FELICIANO

 
pastor-marco-feliciano
Sob o comando do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), a Comissão de Direitos Humanos da Câmara aprovou nesta terça-feira (18) projeto que permite aos psicólogos promover tratamento com o objetivo de curar a homossexualidade.
A proposta, conhecida como “cura gay”, terá que passar ainda por outras duas comissões da Casa: Seguridade Social e Constituição e Justiça. Se aprovada em ambas, segue para o plenário da Câmara.
Durante o debate na comissão, houve discussão entre o presidente do grupo e o deputado Simplício Araújo (PPS-MA), autor de requerimento que pedia, no início de junho, a retirada de pauta da matéria.
O projeto de decreto legislativo, de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), suspende dois trechos de resolução instituída em 1999 pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia). O primeiro trecho sustado afirma que “os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades”.
A proposta aprovada hoje anula ainda artigo da resolução que determina que “os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica”.
Na justificativa do documento, Campos afirma que o conselho “extrapolou seu poder regulamentar” ao “restringir o trabalho dos profissionais e o direito da pessoa de receber orientação profissional”.
A votação é uma vitória da bancada evangélica, que tenta avançar com o projeto há dois anos.
Durante o debate, manifestantes exibiram cartazes com frases contrárias ao texto. “Não há cura para quem não está doente”, dizia um deles.

ISAAC ALBAGLI SEM CONEXÃO

Pelo Facebok, secretário afirmou não saber que o Cristo tinha sido pichado em Ilhéus.

Pelo Facebook, secretário afirmou não saber que o Cristo tinha sido pichado em Ilhéus.

Como foi noticiado no Blog Agravo, o super secretário ilheense Isaac Albagli passou algumas semanas longe da grande rede, sem ler os sites de notícias locais e sem interagir nas redes sociais.
Isso se comprovou em uma postagem de Albagli hoje pela manhã no Facebok, se referindo ao caso da pichação na estátua do Cristo.
“Disseram que isso foi feito há mais de um mês, mas só ontem tomei conhecimento através de uma mensagem aqui no Face”, postou o secretário.
Pois é, para quem andava se mostrando hiper atualizado com os problemas da cidade, explicitou que necessita se atualizar urgentemente.
Podemos até lançar uma campanha: #clicaf5secretario.

VIATURA DA PM TRANSPORTA CERVEJA EM ILHÉUS

cerva
Para que serve uma viatura de polícia?
Bem, pelo que nos consta, para ser usada nas diligências e, se necessário, transportar até a delegacia mais próxima, os possíveis meliantes detidos.
Mas não foi bem isso que um dos nossos leitores flagrou e registrou, em Ilhéus.
Uma nova utilidade foi encontrada, pelo menos nesse caso: Transportar engradados de cerveja.
Ante a imagem, nos veio uma dúvida. Qual crime cometeu as citadas bebidas para serem conduzidas em uma viatura policial?
Quem souber que nos responda.

CUSTO OFICIAL DA COPA SOBE 10% E VAI ATÉ R$ 28 BILHÕES

estádioO custo oficial da Copa-2014 subiu 9,7% e já atingiu em torno de R$ 28 bilhões. A informação é do secretário executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, que explicou que a revisão do número oficial será feita após a Copa das Confederações. Na última atualização, em abril de 2013, o balanço oficial apontava R$ 25,520 bilhões.
Luis Fernandes confirmou que, com a atualização no momento, esses valores giram em torno de R$ 28 bilhões. Mas o número preciso será sabido ao final da competição quando for feita a revisão da matriz de responsabilidades do governo federal, que inclui todas as obras da Copa.
Não foram especificados ainda pelo ministério todos os itens que levaram à majoração do orçamento. Esse valor ainda está abaixo da previsão do governo federal de usar R$ 33 bilhões na organização do Mundial.
Os custos com o Mundial têm sido um dos pontos de críticas dos protestos que tomaram as ruas das capitais brasileiras e reuniram 250 mil pessoas nesta segunda-feira. O representante do Ministério defendeu os recursos usados na competição porque entende que eles se revertem em desenvolvimento para o país. Até disse que também terão impacto em saúde e educação, áreas que os manifestantes reivindicam que tenha mais dinheiro, em detrimento da competição.
:: LEIA MAIS »

A RUA TE CHAMA

punhoSe nós fôssemos o prefeito Jabes Ribeiro começaríamos a ficar preocupados com os protestos que pretendem ser realizados em Ilhéus.
Até porque, como nas principais capitais do país, a insatisfação não é meramente contrária ao aumento das passagens. E por aqui, segundo informações, a pressão é grande por parte das empresas que exploram o serviço, para que o preço seja reajustado ao valor de R$ 3.
Seria bom que o movimento que organiza os protestos tivesse consciência do caos administrativo que impera no Paranaguá e incluísse nas suas pautas reivindicatórias, cobranças ante o descalabro que se tornou a saúde pública local, a educação municipal, a questão das compras e contratações de serviços sem licitação, dentre vários outros absurdos.
E, ao nosso ver, tal mobilização não deveria se limitar a fazer apitaços e fechar as ruas. Isso é importante, mas as vias legais podem surtir bem mais efeito.
Como assim? Cobrando das instâncias jurídicas as devidas providências, exigindo maior transparência ante o uso do dinheiro público. Ou seja, organizando-se da melhor forma possível.
Chega de viver em uma cidade onde os apadrinhados políticos gozam de inúmeras benesses e a população amarga nas filas de hospital e sem atendimento nos postos de saúde. Chega de aceitar calado que o prefeito siga tendo suas viagens bancadas pelos cofres municipais, e as crianças de distritos e povoados sejam relegadas a segundo plano. Chega de aceitar que o legislativo local, através dos vereadores de situação, seja uma casa de meros fantoches, comandados pelo grupo que comanda o Paranaguá, fazendo que eles ajam apenas para os seus benefícios.
Chega de achar que é normal que a população dos bairros periféricos sejam obrigadas a viver com ruas sem calçamento, esgoto correndo livremente e com riscos de desabamento nos altos e encostas, a qualquer chuva mais intensa
Chega de aceitar desculpas esfarrapadas, respaldadas por meios de comunicação vendidos, que reverberavam releases oficiais como se fossem verdades absolutas.
Por esses e outros tantos motivos que os ilheenses devem sim ir para as ruas.
De maneira ordeira, sem depredar nada, respeitando a cidade e os cidadãos.
O que não dá mais, assim como todo o país se tocou, é ficar calado enquanto os que seguem se locupletando, riem de tudo isso.
E você, vai ficar em casa assistindo à novela?

SUCESSÃO NA BAHIA: CAUTELA É A PALAVRA DE ORDEM

Tem crescido a simpatia de lideranças do interior do Estado por uma chapa majoritária, em 2014, que contemple o vice-governador Otto Alencar (PSD), o senador Walter Pinheiro (PT) e o deputado federal João Leão (PP).
O tema é polêmico, já que na base do governador Jaques Wagner há mais pretendentes do que vagas. Sendo assim, os três evitam falar sobre o assunto.
A palavra de ordem é cautela.

INTERVENÇÃO DA UJS NO SEMINÁRIO DE AÇÕES PARA JUVENTUDE EM ITABUNA

Nota da UJS-Itabuna
ujsEm nota a União da Juventude Socialista vem ressaltar a sua participação e intervenção durante o evento da Secretaria de Planejamento no SEST/SENAT realizado na manhã do dia 17/06, que teve como tema Central Desenvolvimento Local, Inovação Tecnológica e Ações para Juventude Promotora de Emprego e Renda.
Para tal, a União da Juventude Socialista se fez presente, sendo o único movimento social da juventude ali presente, valorizando o espaço e entendendo a importância do debate no que tange a sociedade jovem, levantando o debate para os anseios dos mesmos.
Salientando a necessidade da efetivação do Conselho Municipal de Juventude, Conselho em que a UJS tem cadeira, onde devem ser debatidas as políticas públicas e soluções para os desafios enfrentados pela juventude itabunense. Será este o porta-voz da comunidade. É dentro destes Conselhos que os jovens são protagonistas de suas políticas. E é desta forma que a cidade de Itabuna com uma população jovem em torno de 58mil/hab (dados do último senso do IBGE) poderá pautar e expor suas ideias e debatê-las de maneira democrática, entre representantes do governo e da sociedade civil.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: EMPRESAS PEDEM PASSAGEM A R$ 3,00

reajusteA prefeitura de Ilhéus tem até o fim de julho para aprovar ou rejeitar o pedido de reajuste da passagem feito pelas empresas São Miguel e Viametro.
A planilha de custos já está com o prefeito Jabes Ribeiro.
Representante da empresa São Miguel, ouvido pelo ILHÉUS 24H, confirmou o protocolo de reajuste, mas desconversou sobre o valor pedido.
Como noticiamos ontem (segunda, 17), uma fonte do governo jabista afirmou que a majoração solicitada pode elevar a tarifa a R$ 3,00. Hoje, o ilheense paga R$ 2,40.
O valor representaria aumento de 25% da tarifa e está respaldado, segundo o representante da empresa, pela planilha de custos.
A data limite para o aumento é último dia do mês de julho. Até lá, o governo pretende segurar o reajuste anual, garantido pelo contrato de concessão do serviço.

ELES PAGARAM PARA SER VOLUNTÁRIOS NA COPA

Reportagem do Correio 24h mostra como trabalham os voluntários da Fifa e do Ministério dos Esportes, que atuam na Copa das Confederações, em Salvador. Veja a matéria.
"Voluntários" Fifa. Foto do Correio.

“Voluntários” Fifa. Foto do Correio.

O estudante Roberto Santos Júnior, 19 anos, tem uma semana que não vê a própria mãe. A professora Karlla Miranda da Costa, 31, desembolsou mais de R$ 1 mil em passagens de ônibus. O jornalista pós-graduado Diogo Vasconcelos, 27, vai passar 12 horas em pé apenas apontando o portão de saída. A guia turística Gisliane Lopes da Silva, 32, vai levar as mesmas 12 horas proferindo sempre a mesma frase: “Seja bem-vindo, a entrada é por ali”. 

Como se vê, essas pessoas têm algo em comum: elas se sacrificam. A questão é: Pelo que? Aí entra o outro aspecto em comum. Todas vão ter o mesmo ganho, a mesma vantagem: nenhuma. Pelo menos não financeira. Lucro? Zero. Os voluntários da Copa das Confederações estão prontos para doar o seu tempo e sua disposição. No total, em Salvador, serão cerca de 1,5 mil.  

Mas, no país das desigualdades, existe uma polêmica divisão entre eles. É que há dois tipos de voluntários no evento. Os voluntários do Comitê Organizador Local (Col), com supervisão da Fifa, e os voluntários do programa Brasil Voluntário (BV), do Ministério dos Esportes. Digamos que os primeiros são a Série A do voluntariado. Os demais, por sua vez, foram claramente relegados à segunda divisão.

:: LEIA MAIS »

dom eduardo

lm mudancas

arquiteto













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia