As seleções públicas realizadas em Itabuna parecem ter como finalidade render dores de cabeça aos candidatos e, consequentemente, críticas ao prefeito Vane, aquele da mudança.
Por exemplo, algo de estranho aconteceu no processo seletivo para a secretaria de educação.
O resultado saiu nesta quinta (13), e traz apenas 23 aprovados para a segunda fase, onde será realizada a entrevista. A relação você vê ao clicar aqui.
O edital do concurso, no entanto, prevê 83 vagas, sendo 4 para intérpretes de libras e o restante para professores da educação infantil. Cadê a explicação?
Em tempo: No início desta semana, a justiça suspendeu duas seleções realizadas pelo governo Vane por suspeita de inclusão, entre os aprovados, de nomes que não apareciam na lista dos que passaram na primeira fase do concurso.