G1
As atividades administrativas da delegacia de Ubaitaba foram transferidas para a unidade policial de Aurelino Leal nesta quarta-feira (12) por conta da falta de segurança no local, segundo afirmou o delegado titular Gilberto Souza.
De acordo com Gilberto Souza, a delegacia conta apenas com ele, um escrivão e um carcereiro. O delegado responde ainda pela unidade da Polícia Civil em Aurelino Leal, município vizinho. A partir de agora, moradores de Ubaitaba que precisarem registrar ocorrência policial terão que se dirigir à unidade de Aurelino Leal. “Os presos custodiados em Ubaitaba serão transferidos aos poucos para Aurelino Leal. O carcereiro e a PM vão ficar fazendo a segurança no local”, disse o delegado.
Na terça-feira (11), três homens armados invadiram a delegacia de Ubaitaba e “resgataram” quatro presos no fim da manhã. Os suspeitos “se aproveitaram da fragilidade da segurança do local para agir”, disse o delegado. Eles renderam o carcereiro, que estava sozinho na delegacia no momento do crime, e o obrigaram a abrir as celas.
Os presos liberados respondem por tráfico de drogas e furto qualificado. Um deles é o líder do tráfico na cidade e foi capturado pela polícia há cerca de uma semana, após sofrer um acidente de trânsito. De acordo com o delegado, os homens invadiram a delegacia para resgatá-lo. Outro “resgatado” é foragido da polícia em Minas Gerais, informou o delegado Gilberto Souza.
Os suspeitos e os fugitivos saíram de carro. Um dos presos liberados foi recapturado por volta das 13h30, em Ubaitaba. O delegado informou que a polícia faz buscas na região na tentativa de localizar os suspeitos do crime e recapturar os fugitivos.
A delegacia de Ubaitaba tem capacidade para oito presos. Segundo o delegado Souza, no moemento do “resgate”, 19 pessoas estavam nas quatro celas da unidade policial.