concurso1
Foram divulgados nesta sexta-feira (7) os editais de concursos dos Ministérios da Fazenda, da Justiça, do Planejamento, Orçamento e Gestão e das Comunicações. As seleções somam  741 vagas em cargos de nível superior.
O Ministério das Comunicações divulgou edital do processo seletivo para contratação temporária de técnicos de nível superior. São 119 oportunidades, sendo sete reservadas aos candidatos com deficiência.
Os cargos são divididos em Nível III, Nível IV e Nível V, com remunerações de R$ 3.800, R$ 6.130 e R$ 8.300, respectivamente. O candidato deve observar se preenche os requisitos da especialidade de interesse, das 25 listadas em edital. Elas englobam diversas áreas de conhecimento, entre Administração, Arquivologia, Ciências Contábeis, Direito, Economia, Engenharia, Estatística, Informática, Tecnologia da Informação e outros.
As inscrições vão do dia 17 de junho até o dia 8 de julho, no site do Cespe. A taxa é de R$ 85 para o Nível III, R$ 100 para o Nível IV e R$ 110 para o Nível V.
VEJA O EDITAL
A seleção terá uma fase de provas objetivas a serem aplicadas na data provável de 18 de agosto. Essa etapa e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas em Brasília.
Os aprovados atuarão pelo prazo de um ano na instituição, com possibilidade de prorrogação pelo limite máximo de cinco anos.
O Ministério da Justiça abriu edital do concurso público para 125 vagas em cargos de nível superior, das quais sete são reservadas aos candidatos com deficiência. O período de inscrições começa em 17 de junho e vai até 8 de julho, pelo site do Cespe. A taxa de inscrição é de R$ 65.
As chances são para Analista Técnico-Administrativo, Administrador e Contador, com remunerações de R$ 3.980,62, e Economista, Engenheiro Civil e Engenheiro Elétrico, com salário de R$ 5.081,18.
VEJA O EDITAL
Os interessados em concorrer pelo cargo de Analista devem possuir diploma em qualquer área de formação. Já para as demais oportunidades, é preciso ter diploma no curso correspondente e registro ou inscrição na entidade profissional ou órgão de classe das áreas previstas em edital. A jornada de trabalho para todos os cargos é de 40 horas semanais.
Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas e prova discursiva, para todos os cargos, a serem realizadas em Brasília/DF. As avaliações estão previstas para ocorrer no dia 25 de agosto, no turno da manhã.
O concurso do Ministério da Fazenda reserva 347 vagas em cargos de nível superior para analista técnico-administrativo (qualquer área de formação), arquiteto, contador, engenheiro e pedagogo. Há 15 vagas para a Bahia.
As inscrições vão das 10h do dia 17 de junho até as 23h59 do dia 30 de junho pelo site da Esaf. A taxa é de R$ 90.
VEJA O EDITAL
Os aprovados para os cargos de analista técnico-administrativo, contador e pedagogo vão receber o salário de R$ 3.977,42. Para arquiteto e engenheiro, as remunerações são de R$ 5.081,18. O concurso terá prova objetiva de conhecimentos básicos, prova de objetiva de conhecimentos específicos e prova discursiva.
As provas objetivas serão aplicadas em dois turnos, na data provável de 1º de setembro, em todas as 27 capitais do país.
O concurso do Ministério do Planejamento visa ao provimento de 142 vagas de especialista em políticas públicas e gestão governamental. Os aprovados vão trabalhar em Brasília e terão o salário de R$ 13.402,37.
A inscrição deve ser feita, exclusivamente no site da Esaf, no período entre 10 de junho e 23 de junho, considerado o horário de Brasília. A taxa é de R$ 130.
VEJA O EDITAL
As provas objetivas, uma de Conhecimentos Básicos e outra de Conhecimentos Específicos, serão aplicadas na data provável de 11 de agosto, em Salvador, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, e São Paulo.