WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
junho 2013
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: 3/jun/2013 . 20:00

BANCO CENTRAL LANÇARÁ NOTAS DE R$ 2 E R$ 5 DA NOVA FAMÍLIA DO REAL

cedulas
As cédulas de R$ 2 e R$ 5 da nova família do Real serão lançadas no segundo semestre de 2013, informou nesta segunda-feira (03) o chefe-adjunto do Departamento do Meio Circulante do Banco Central, Luiz Ernani Marques Acciolly. 
Desde 2010, circulam as notas de R$ 100, R$ 50, R$ 20 e R$ 10 do novo modelo, que conta com elementos de segurança e tamanhos diferenciados para cada valor.
Atualmente, esse tipo de cédula representa 55% do dinheiro disponível no país, o equivalente a cerca de R$ 165 bilhões. 

ITABUNA: CONSELHO APROVA REAJUSTE DA PASSAGEM

Mesmo com dois impostos (PIS e COFINS) zerados para as empresas de transporte, a passagem em Itabuna deve dar um salto de 13%.
Segundo o Pimenta, o Conselho Municipal de Transporte aprovou nesta segunda (03) o reajuste, que elevará a tarifa a R$ 2,50.
As empresas Expresso Rio Cachoeira e São Miguel alegaram que o valor não sofre reajuste há dois anos e pediram reajuste para R$ 2,71.
Se tiver a aprovação do prefeito Vane, a nova tarifa passa a valer em 30 dias.

BOLSA FAMÍLIA E MÍNIMO FAZEM CLASSE MÉDIA CRESCER EM 11 ANOS

Enquanto a crise econômica global causa desemprego em países ricos, as nações emergentes, como o Brasil, estão com seu mercado de trabalho numa situação melhor. A avaliação é da Organização Internacional do Trabalho (OIT), no relatório “O Mundo do Trabalho 2013: Reparando o Tecido Econômico e Social’, divulgado nesta segunda-feira (03).
Sobre o Brasil, um dos destaques da organização no relatório foi o crescimento de 16 pontos percentuais da classe média entre 1999 e 2010. Segundo a OIT, isso foi ajudado pelo fortalecimento do salário mínimo e do Programa Bolsa Família.
O conceito de classe média da OIT é muito amplo. A organização considera classe média quem ganha de US$ 4 por dia (R$ 8,50 ou R$ 255 por mês) a US$ 50 por dia (R$ 106,81 por dia ou R$ 3.200 por mês).
A definição de classe média não é unânime e varia de acordo com cada entidade. Para o governo brasileiro, por exemplo, a classe média é integrada por quem tem renda mensal entre R$ 291 e R$ 1.019.
:: LEIA MAIS »

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A PARALISIA INFANTIL COMEÇA NO SÁBADO

vacina
Atenção pais de crianças de seis meses até cinco anos, a campanha de vacinação contra a paralisia infantil terá início no próximo sábado (08) e se estenderá até o dia 21 de julho.
A meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% das 12 milhões de crianças. Ao todo, cerca de 115 mil postos estarão aptos para realizar o trabalho.
As duas gotinhas, como dose de reforço, serão dadas mesmo que as crianças já tenham sido imunizadas contra a doença. Se as crianças tiverem febre alta, alguma hipersensibilidade a algum componente da vacina, ou alguma doença aguda, os pais devem conversar com os profissionais de saúde antes da vacinação, orienta o Ministério da Saúde.
Este ano, a campanha chega 24° ano sem a doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990. O objetivo da campanha é garantir a não reintrodução da doença no território brasileiro, com a manutenção das campanhas de vacinação.
Apesar de o país ter erradicado a doença, a vacinação é importante para evitar a reintrodução da poliomielite por viajantes que chegam ao Brasil. Ainda há 16 países com casos registrados da doença.
A vacina poliomielite é trivalente e sua eficácia é em torno de 90% a 95%. Para uma imunidade longa, frente aos três tipos de poliovírus, é necessário completar o ciclo básico de três doses: duas doses da vacina inativada poliomielite (VIP) e uma dose da vacina oral poliomielite (VOP), sendo necessário uma dose de reforço (VOP) após o termino do ciclo básico. Assim, praticamente 100% dos vacinados terão proteção garantida.
O governo distribuirá aproximadamente 19,4 milhões de doses da vacina. Também será investido cerca de R$ 32,3 milhões, sendo R$ 13,7 milhões com a aquisição da vacina e R$ 18,6 milhões que serão repassados do Fundo Nacional de Saúde para as secretarias estadual e municipal de saúde. Desde o ano passado, o Brasil passou a realizar somente uma etapa da Campanha Nacional.

“TENHO UM PEQUENO PROBLEMA COM A IMPRENSA”, AFIRMA LULA

lulaEm entrevista concedida ao jornal peruano La República, no domingo (02), o ex-presidente Lula afirmou ter um “pequeno problema” com a imprensa brasileira.
“Quando critico a imprensa, eles dizem que os estou atacando. Quando me atacam, dizem que estão criticando”, disse o petista.
Segundo Lula, durante o período que comandou o país nenhum canal de TV ou jornal deixou de receber publicidade do governo por fazer críticas ao seu governo.
O ex-presidente declarou, porém, que “os companheiros da comunicação devem compreender que um canal de TV é concessão do Estado”. “E não se pode usar uma concessão para atuar como partido político”, acrescentou. 

EUROPEU DEMAIS? NOVO MARACANÃ DIVIDE OPINIÕES

maraca
A inauguração do Maracanã para partidas oficiais dividiu opiniões.
Há quem diga que o espírito de estádio democrático, onde as classes sociais por hora caiam por terra e todos se sentiam parte integrante de uma grande massa, foi sepultado. Dando espaço para um estádio europeu demais para os padrões brasileiros de torcida.
Por outro lado, existem os que aprovaram.
Em contato com a nossa Redação, um ilheense presente na partida amistosa de ontem entre Brasil e Inglaterra, aprovou o que viu.
“Só não sei como eles farão em dias de clássicos regionais, já que não há proteções entre os locais onde as torcidas rivais ficarão instaladas”, ressaltou.
Bem, como ninguém é maluco o suficiente, deve haver um plano B. 

NEUROCIENTISTA AFIRMA QUE FANATISMO RELIGIOSO PODE SER TRATADO COMO DOENÇA

fanatismoUma pesquisadora da Universidade de Oxford, e autora especializada em neurociência sugeriu recentemente que um dia o fundamentalismo religioso pode ser tratado como uma doença mental curável. Kathleen Taylor, que se descreve como uma “escritora de ciência filiada ao Departamento de Fisiologia, Anatomia e Genética”, fez a sugestão durante uma apresentação sobre a pesquisa do cérebro no Festival literário no País de Gales na última semana.
Em resposta a uma pergunta sobre o futuro da neurociência, a pesquisadora afirmou que “uma das surpresas pode ser a de ver pessoas com certas crenças como pessoas que podem ser tratadas [clinicamente]“.
– Alguém que tem, por exemplo, torna-se radical a uma ideologia de culto – nós podemos parar de ver isso como uma escolha pessoal resultado de puro livre-arbítrio e começar a tratá-lo como algum tipo de distúrbio mental – afirmou a cientista, segundo o Huffington Post.
– Em muitos aspectos, poderia ser uma coisa muito positiva, porque não há dúvida de crenças em nossa sociedade que fazem muitos danos – completou.
Ela afirmou ainda que não estava apenas se referindo aos candidatos óbvios, como o islamismo radical”, mas também exemplificou tais crenças como a ideia de que bater em crianças é aceitável.
Esse não é um tema novo na carreira acadêmica de Taylor, que em 2006 escreveu um livro sobre o controle da mente chamado de “Brainwashing: The Science of Thought Control” (Lavagem cerebral: A Ciência de controle do pensamento, em tradução livre), que explorou a suposta ciência por trás das táticas persuasivas de cultos e grupos como a al Qaeda.

RELEGADO A QUARTO PLANO

nike
É certo que divergimos ideologicamente das práticas políticas do jabismo. Não fazemos questão nenhuma de esconder isso. O que não nos impede de elogiar os acertos, caso hajam.
Mas também não somos daqueles que costumam procurar fio de cabelo em ovo, e colocam a culpa de todas as mazelas que acometem a cidade no lombo dos que hoje comandam o Paranaguá.
Mas uma coisa é certa. De certa forma, o que vem se sucedendo com o Colo-Colo não deixa de ser reflexo da lamentável ausência de políticas públicas municipais ante os esportes.
Se há um setor que segue entregue a própria sorte, com certeza é o citado.
Há de se ressaltar que investir no esporte jamais deverá se resumir a disponibilizar um jogo de camisa, troféus e bolas para um descontraído torneio de fim de semana.
Investir no esporte é encará-lo seriamente como uma importantíssima ferramenta social, irmã siamesa das práticas educacionais. O que também não impede que recursos sejam disponibilizados para ocasiões especiais, a exemplo de ajuda para atletas que por acaso representem a cidade em competições estaduais e nacionais, além de criar estrutura para que talentos sejam revelados. A exemplo da reforma da pista de skate e construção de outras novas.
É fácil julgar um jovem que se enveredou pelos tortuosos caminhos da criminalidade. Mas cadê as ações para que tal recrutamento não fosse concretizado?
E se há uma arma positiva para que isso possa ser evitado, com toda certeza do mundo, o esporte é uma delas.

PRA NÃO DAR BRIGA

Duas empresas (uma ligadíssima a certo secretário municipal) devem ganhar a licitação para o transporte escolar da prefeitura de Ilhéus. O processo será realizado esta semana.
A divisão dos trabalhos tem dois objetivos. Primeiro, otimizar o transporte dos alunos. Segundo, evitar problemas com uma das empresas, no caso, a que sairia derrotada.

CANSADOS DE ESPERAR, MORADORES FAZEM MUTIRÃO

Mutirão limpou as duas ruas.

Mutirão limpou as duas ruas.

Se o poder público é ausente, a população toma providências. Assim ocorreu nas ruas 15 e 16 do Jardim Pontal, em Ilhéus.
Cansados dos buracos, da falta de iluminação e segurança, os moradores realizaram mutirão durante todo o domingo (02).
Segundo Viviane Bricia, moradora do local, há tempos que as demandas são levadas à prefeitura, mas nada de providências. No ano passado, se aproveitando da falta de iluminação e segurança, bandidos praticavam assaltos rotineiramente.

cristina frey

dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia