RAIO LASER
acmEm nota publicada ontem (27) na coluna Holofote, da Revista Veja, é afirmado que o dono da empreiteira OAS, César Mata Pires, e sua mulher, Tereza Mata Pires, enviaram uma carta aos demais herdeiros do ex-senador Antonio Carlos Magalhães abrindo mão da parte que lhes cabia no espólio.
A briga pela herança, avaliada em R$ 500 milhões, começou em 2007 e provocou o rompimento entre os integrantes do clã Magalhães.
Com a desistência, a expectativa é que a família (leia-se ACM Júnior e os herdeiros do ex-deputado Luis Eduardo Magalhães) possa concluir a venda da TV Bahia para investidores de São Paulo.