Ônibus desceu ribanceira de cerca de 5 metros. Foto: Teixeira News.

Ônibus desceu ribanceira de cerca de 5 metros. Foto: Teixeira News.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Teixeira de Freitas acredita que o motorista do ônibus que tombou na madrugada desta quarta (15) próximo a Teixeira de Freitas (lembre aqui) tenha dormido ou passado mal.
A possibilidade foi levantada pelo chefe do posto da PRF de Teixeira, Liomário dos Santos Filho.
No acidente, nove passageiros morreram, além do motorista, Maurício de Souza, de 35 anos. Vinte pessoas ficaram feridas.
A perícia feita pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) não encontrou marcas de frenagem. O tacógrafo do ônibus mostra que o motorista trafegava a 80km/h.
A densa neblina na área durante a tragédia não é tida como possível causa. Segundo o site Radar 64, o motorista conhecia bem a estrada.
EMPRESA NÃO ACREDITA EM FALHA DO MOTORISTA
A Viação Águia Branca informou, por meio de nota, que descarta a possibilidade de excesso de velocidade, em razão do sistema de telemetria e GPS presentes em todos os seus veículos.
A empresa também descarta a possibilidade de o motorista ter dormido ao volante. De acordo com a Viação, o funcionário passou pelo teste de sono antes de assumir o volante.