WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Neste site
maio 2013
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

















INEMA, ONDE COMUNICAR-SE NÃO É POSSÍVEL

Distrito ilheense é praticamente uma ilha isolada

Distrito ilheense é praticamente uma ilha isolada

“Comunicar-se”, que é um direito constitucional do cidadão brasileiro, e basicamente uma das características primordiais do ser humano, definitivamente vem sendo negligenciado no distrito ilheense de Inema.
Isso quando nos referimos às tecnologias que vieram para facilitar tal ato.
As coisas por lá andam na contramão. Por exemplo, falar no celular, ao contrário de boa parte do planeta, é algo impraticável, visto que inexistem antenas que propiciem sinal para isso.
Tal situação suscitou a falácia “engabelosa” de alguns políticos locais, que prometeram, mas a coisa ainda não se configurou como realidade.
Destaque para a cena pastelão ocorrida essa semana na localidade, motivando sentimentos de alegria e revolta na comunidade, em um curto espaço de tempo. Técnicos foram até lá, levaram o material para que uma antena fosse instalada, para a felicidade geral. Só que, descobriu-se que era um equívoco, pois tratava-se de uma antena de internet, e que ela deveria ser  montada na cidade de Coaraci, vizinha ao distrito.
E foi engabelação mesmo, já que a Vivo se limitou a justificar que a instalação de uma antena em Inema, talvez, componha os seus próximos planos de expansão. Talvez.
Para piorar, até mesmo a telefonia fixa costuma deixar os moradores na mão e, dos 16 orelhões existentes, apenas um funciona. Se os moradores tiverem sorte.
Isolados da sede por 100 km, resta aos moradores , caso queiram entrar em contato com localidades mais distantes, recorrer aos antigos métodos de comunicação: Bilhetes, cartas e afins.
Pobre Inema.

4 respostas para “INEMA, ONDE COMUNICAR-SE NÃO É POSSÍVEL”

  • Rodrigo says:

    Caro Editor, gostaria de antemão salientar que existem alguns equívocos na matéria acima. Posto, que nenhuma antena foi armada no distrito, uma empresa levou o equipamento, com notas e projetos comprovando ser da localidade. no entanto, no momento que os técnicos foram analisar o material foi que constataram que aquele equipamento era de uma torre de sinal digital para TV, portanto, o erro de entrega. Claro, a comunidade agiu normalmente, querendo que o tão sonhado sinal de celular fosse instalado, mas por ordens judiciais o material teve que ser recolhido para então aguardar a vinda do equipamento correto. Além disso na matéria fala de que ” até mesmo a telefonia móvel deixa o povo na mão”. Inema nunca teve sinal de telefonia móvel, mas é verdade que os telefones públicos não funcionam adequadamente, coisa normal no Brasil principalmente por parte da Operadora OI. E pra contestar mais um equivoco, saliento que nenhum político prometeu sinal de celular, o que houve na verdade foi uma solicitação através da Secretaria de Infraestrutura que sinalizou positivamente em atender. Mas tenho certeza de que os “politicos” ao qual o senhor se refere estão tentando de toda forma possível, viabilizar a instalação do sinal de celular em Inema, só nos resta enquanto comunidade aguardar o desfecho desse episódio.

  • Anonimo says:

    Mais rapais como é que pode uma coisa dessa quer dizer que agora tem empresa pelo meio, sedo que você foi um dos primeiro a lançar nu Blog que o vereador Valmir Freitas com a Deputada trouxe à antena para cidade e logo depois por debaixo do pano vocês ficam ai botando pano quente por cima do erro ,Uma @#$%%%$$##@ para você eu soo um dos moradores da cidade e exijo explicações de tudo isso que está acontecendo e espero que todos esses corruptos sejam presos. – (Y)

  • Rodrigo says:

    Caro Editor gostaria de agradecê-lo pela correção na matéria. E aproveitar pra dizer pro meu amigo Anônimo que ele não tem condições nenhuma de exigir explicações posto que ele nem sequer se identificou. Típico de pessoas com mente medíocre….E acrescentar que pouco ele conhece de interpretação além de ser péssimo em português (deveria fazer um supletivo)Pois na divulgação da matéria, diz que os citados políticos fizeram uma INDICAÇÃO, um pedido, ou seja, eles não prometeram nem trouxeram nada e quanto ao erro da empresa, quem estava lá em Inema, sabe que documentos foram mostrados pela dita empresa, afirmando Inema ser o destino do material. O que passar disso infelizmente é fruto da infértil mente do amigo anônimo….

Deixe seu comentário



dom eduardo

lm mudancas













WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia