Entre os 29 partidos existentes na Bahia, 13 não entregaram a prestação de contas anual dentro do prazo legal, que expirou na última terça-feira (29).
Isso foi o que apontou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA)
Tal prestação envolve receitas, despesas e uso do fundo partidário em todo ano de 2012.
São elas : PSB, PSDB, PRP, PSC, PRB, PSL, PTC, PCB,  PSDC, PHS, PRTB, além de PPS e PMN, que  fundiram-se e formaram a Mobilização Democrática (MD).
O partido que deixar de entregar o documento, ou entregar a prestação com irregularidades, estará sujeita a ter suspensos repasses mensais de recursos do Fundo Partidário.
Os relatórios serão analisados pelas respectivas instâncias da Justiça Eleitoral, que, em julgamento, vai estipular o montante e o período de suspensão dos repasses.