alto2
Em contato com a nossa Redação, moradores do alto da Esperança denunciaram a situação precária de algumas ruas da localidade. Eles ressaltam que vários ofícios foram encaminhados à secretaria de Desenvolvimento Urbano, mas que não houve nenhum retorno.
Eles relatam que na maioria das vias inexiste pavimentação e o esgoto corre livremente no meio das ruas, levando riscos à saúde da comunidade.
Os moradores alertam que alguns barrancos começaram a desabar, devido às chuvas que estão caindo na cidade nos últimos dias, deixando as famílias em estado de pânico.
Segundo eles, duas casas desabaram na rua 8, em 2003, e o secretário municipal responsável da época afirmou que a prefeitura iria entrar com uma ação contra a empreiteira que executou o serviço. Só que, de acordo com os moradores, passados mais de 10 anos, até hoje nada foi feito.
Ainda segundo os moradores, ainda hoje existem muitas famílias que residem em casas que perigam desabar a qualquer momento.
Ante tal situação eis que questionamos: Cadê o Conselho Municipal de Defesa Civil? Vão fazer como sempre fazem, ou seja, esperar que o pior aconteça para tomarem alguma iniciativa, que, diga-se de passagem, geralmente são meramente paliativas?
Com a palavra a prefeitura.